Tag Archives: Colagem

Maria com as outras – exposição

Maria Cininha criou as personagens Marias e várias séries com elas. A técnica utilizada é a colagem.
Você pode conhecer algumas na Exposição “Maria com as outras” que começou dia 15 de janeiro no Shopping Frei Caneca e vai até dia 02 de fevereiro.
Os textos também são escritos pela artista para cada série e são poéticos como toda a mostra.

Release:
Entre os dia 17 de janeiro e 2 de fevereiro, os frequentadores do Shopping Frei Caneca poderão conferir a exposição “Maria com as outras”. Divertida e poética, a mostra traz as divertidas e irreverentes “Marias”, figuras femininas inspiradas no cotidiano. A mostra fica aberta para visitação das 10h às 22 horas, no Piso 1 do empreendimento.

Entre as obras de arte estão esculturas tridimensionais e quadros da série “Marias Surtones”, elaboradas pela artista visual e arte educadora Maria Cininha, que desenvolve trabalhos em recorte e colagem criando personagens lúdicos e coloridos.

Vale a pena conferir!

20140121-192710.jpg

20140121-192743.jpg

20140122-002809.jpg

20140122-002855.jpg
Minha cor!! Ai presunçosa que sou!

O que as Marias são pra mim:
As Marias são filhas, mães, esposas, estudantes, profissionais e o que quiserem.
Elas vão à praça, ao mercado, ao médico, ao cinema e aonde for preciso.
São coloridas, enfeitadas, preto no branco, expressivas, introspectivas.
São complicadas e simples.
São mulheres.

Parabéns Cininha! Que a criatividade continue guiando a sua vida e iluminando a nossa!!

2 Comments

Filed under Arte, Exposições, Mulheres que fazem a diferença, São Paulo

Autorretrato

Autorretrato é um dos nossos projetos do primeiro semestre de 2011, exposição coletiva, catálogo e  palestra sobre o tema.
Escrito com rr e sem hífen: nova ortografia.
Todas as técnicas e possibilidades tem me encantado: fotografia, escultura, colagem, pintura… ou tudo junto e misturado.
Convidei também a escritora e curadora Katia Canton pra falar sobre o tema, apaixonada pelo assunto, ela escreveu o livro Espelho de Artista da editora Cosac Naify, um livro infanto juvenil que serve para todas as idades, nele  a autora analisa as diferentes formas que o homem encontrou para se representar, desde a pré história, até a pintura de Rembrandt, Modigliani ou Flávio de Carvalho, seja com telas, esculturas e até instalações, o autorretrato é uma forma de registro e compreensão do seu lugar no mundo.
Bom, quem me conhece sabe que sou das artes, dos projetos, mas nada de pintura, nem escultura, nem colagem,  meu talento não é este, mas mesmo assim fiz o meu autorretrato, os lábios estão bem mais carnudos que o “eu” real, mas em tempos contemporâneos a representação não é literal, o que vale é a idéia!

Meu autorretrato é capa do meu Sketchbook.
A idéia do caderno é boa, mas expressada por uma simples mortal!
Logo teremos aqui no blog os Sketchbooks que minhas queridas Adri Volpi e Bel Miller desenvolveram, aí sim poderemos chamar de cadernos de artista.

E os autorretratos dos artistas participantes do projeto!!

7 Comments

Filed under Arte

Brooklin Museum apresenta Fred Tomaselli

Tenho visitado o Brooklin Museum sempre que vou à Nova Y0rk e desta vez vi a exposição de um artista que eu ainda não conhecia: Fred Tomaselli.
Achei maravilhosa!

Fred Tomaselli nasceu  na Califórnia e hoje vive e trabalha em Williamsburg, no Brooklin, sendo um dos primeiros artistas a se mudar para este bairro na década de 80.

Eu tenho prestado muita atenção em colagem e o artista trabalha basicamente com esta técnica.
Tem colagem com folhas, pássaros, borboletas, bocas, mãos, remédios.
A colagem é coberta com camadas de resina transparente e prestando atenção podemos ver que tem pintura também na resina.
Fotografamos todas as obras, que são originais,  datadas de 1990 até o presente  e escolhi algumas para colocar aqui no post, foi bem difícil porque eu gostei de tudo!
Assista o vídeo que dá para ter uma idéia de como é o processo.
Aproveitem!

E se puderem visitar é fácil ir de  metro.
A estacão ao lado do museu chama-se: Eastern Parkway / Brooklyn Museum.
As linhas que param lá são a 2 (direção FLATBUSH AVENUE) e 3 (direção NEW LOTS STATION)

Para pegar os trens 2 e 3 de Manhattan procure estações na 7ª avenida nas ruas 42nd, 34th, 28th (2), 23th (2), 14th – sentido Downtown / Brooklyn.

Até dia 02 de janeiro de 2011.

Clique na foto para aumentar e ver melhor os detalhes:

Summer Swell 2007.

Night Music for Raptors, 2010

Detalhe da obra Night Music for Raptors.

Dead Eyed Bird Blast, 1997

Detalhes da obra Dead Eyed Bird Blast

Echo, Wow, and Flutter, 2000.

Detalhe da obra Echo, Wow, and Flutter.

3 Comments

Filed under Arte, Exposições, Museus, Nova York, Vídeo

Mulheres (DES)COLADAS por Bel Miller

Fiquei vários dias afastada aqui do blog,  e os assuntos (que são muitos), estão esperando para serem postados.
Mas o afastamento foi por bons motivos e um deles foi a organização da Exposição Mulheres ( DES) COLADAS da artista plástica Bel Miller.

Eu sou apaixonada pela obra da artista e trabalhar para esta exposição foi um prazer.

Começando pelo convite que é lindo, e se transforma em vários imãs, a tela, três imagens da tela e as informações, fazendo uma referência aos recursos visuais utilizados pela artista: o corte, o reagrupar elementos e a colagem. Bel Miller desenvolveu sua linguagem artística aliando a técnica da colagem à pintura com tinta acrílica, para ela as técnicas se completam.

Bel Miller se apropria de elementos e temas que envolvem o universo feminino, sendo a mulher sempre o personagem central de suas histórias, contadas em cada tela. “Amulher é um tema rico e fascinante, infinito como fonte de inspiração, tudo começa com ela, nada acontece sem sua participação”.

Suas mulheres são fortes, sonhadoras, reais, irreais, negras, brancas, amarelas.
Vale a pena visitar a Exposição e conhecê-las pessoalmente.

Sobre a artista:
O ano de 2010 foi rico em convites e exposições para a artista plástica Bel Miller, que apresentou seus trabalhos em Miami, Nova York, na Casa Cor São Paulo e foi selecionada com a obra “Eclipse”, pelo Salon de la Société Nationale des Beaux Arts, em Paris.
Nascida em Porto Alegre (RS), veio para São Paulo, onde estudou na Escola Pan-Americana de Artes, no curso de Designer de Interiores, formando-se em 2000. Em 2002, iniciou outros cursos na mesma escola: Artes Plásticas e História da Arte. Em 2005,  fez curso de pintura em cerâmica na Olaria Paulistana, onde se apaixonou pela tesoura e pelos papéis nas aulas de decoupage.
Começou a recortar, colar e criar as mais variadas composições em caixas, bandejas e cerâmicas, orientada pela artista plástica Ana Lúcia Galgani, desenvolvendo seus trabalhos em colagem.

Mais obras:

 

Cabeça Florida (50 x 40cm - colagem e acrílica sobre madeira - 2009)

 

 

Anunciação (50 x 60cm - colagem, acrílica e areia vulcânica s obre madeira - 2008)

 

 

Duas Faces de Eva (50 x 70cm - colagem e acrílica sobre te la - 2006)

 

3 Comments

Filed under Arte, Exposições, Mulheres que fazem a diferença, pintura

O Universo Feminino por Bel Miller

A artista vive e trabalha em São Paulo.
Sua poética gira em torno de elementos do Universo Feminino.
Bel Miller conta uma história em cada um de seus quadros. A colagem é utilizada como técnica principal aliada à pintura e como suporte, a madeira.
O trabalho que escolhi faz parte do meu acervo.
A arte da beleza!
Hoje é aniversário da talentosa artista.
Parabéns Bel Miller!! Continue criando, pois é um presente pra nós.

Ana Flor e Elas. 60 x 80cm-colagem, acrilica e oxidante-sobre-madeira-2007

6 Comments

Filed under Arte, pintura

Tide – Mãos de Tesoura

No dia 30 de janeiro, começou na Caixa Cultural da Sé, a Exposição Brava Gente de Tide Hellmeister.

Artista plástico e gráfico, mestre da colagem e da caligrafia estética, uma referência na arte brasileira. Criou  capas para livros, revistas e discos,  para as editoras e gravadoras mais importantes do país.

Ele dizia – “A colagem é tudo – a vida é colagem…”

Nesta Exposição que vai até dia 28 de março,  convidados especiais oferecem, aos sábados,  oficinas gratuitas sobre temas relacionados ao trabalho de Tide.

No dia 06 de fevereiro Enock Sacramento, jornalista, crítico de arte e amigo do mestre, foi o palestrante e desenvolveu um feliz paralelo entre Tide Hellmeister e Edward, mãos de tesoura - personagem interpretado por Johnny Depp,  com o diretor Tim Burton.

Uma relação simbólica entre Edward e Tide Hellmeister:  porque os dois usavam a tesoura para criar, eram extremamente habilidosos, compulsivos, sensíveis e competentes, mestres no que faziam e  tinham uma certa dificuldade de se posicionar no mundo, embora se relacionassem muito bem com determinadas pessoas.” Ambos, mãos de tesoura.

TIde Hellmeister morreu no final de 2008, no último dia do ano.

Perdemos um grande artista e também a oportunidade de tê-lo conhecido, quando esta oportunidade estava tão próxima.

Neste caso, o conhecimento da obra e do legado que ele nos deixou é o que nos conforta.

Que assim seja.

Brava gente, Bravo Tide!

9 Comments

Filed under Arte, Exposições