Tag Archives: Ary Fontoura

Ser feliz hoje!! Com texto de Ary Fontoura

Hoje é aniversário de minha irmã.
A primeira depois de mim( tenho mais uma irmã e um irmão) todos queridos e engraçados!!

Como a aniversariante e eu temos (quase) a mesma idade, fomos muito próximas na infância e adolescência. Ficamos um período sem conversarmos tanto porque casamos, cada uma com suas vidas, suas tarefas, seus filhos… pelos mesmos motivos, somos novamente muito próximas.

Mais que minha irmã, ela é minha amiga.
Privilégio maravilhoso este, ter como uma das melhores amigas, a irmã, que te conhece desde que nasceu, pra quem você não precisa explicar como é sua família, porque ela faz parte da mesma família. Que pode praticamente ser sua memória, porque ela estava lá em muitas situações que você viveu e que não lembra…
Dar muitas risadas em conversa séria, chorar rindo por alguma coisa grave deixando a carga mais leve… Sempre achando graça de nós mesmas…Muitas vantagens!! Quem tem um amigo tem tudo, diz o ditado! Imagina uma amiga/irmã?!!

Li um texto do Ary Fontoura que também faz aniversário hoje e compartilhado no facebook.
O texto me fez pensar em tudo o que eu quis ser e não fui, e não sou.
Também sonhei muita coisa pra mim e quase nada do que imaginei, quando adolescente, aconteceu. Em compensação, muita coisa que nunca imaginei, aconteceu!! :) )

Sonhamos com milhões de coisas e a maioria talvez não dê pra alcançar nesta vida.
Mesmo assim a vida é bela, e pode ser mais bela se conseguirmos entender que tudo pode ser mais simples e os desejos podem ser outros, quando percebemos o real valor de viver e conseguimos enxergar as pessoas como elas são, ter carinho por elas, aceitando as falhas e as diferenças.
Entender que podemos fazer planos, estabelecer metas, ter sonhos, muitos sonhos, mas principalmente, ter a consciência de que, na verdade, não estamos no controle e que a vida é a que se apresenta toda manhã e que devemos aproveitar da melhor forma, saborear cada instante, felizes!!

Parabéns querida irmã!
Agradeço a Deus por tê-la perto de mim e minha oração é que Deus lhe dê muita saúde e alegria, mesmo que em sua vida seja tudo diferente do que um dia pensamos pra nós.
Que seus sonhos sejam renovados!
Porque o que realmente importa é o amor, é o que fica
.

20150127-124930.jpg

Segue o texto do Ary Fontoura.
Vale a pena ler.


Ary Fontoura
As Coisas Simples da Vida

O dia 27 de janeiro é o dia do meu aniversário e de outros tantos aquarianos que decidiram desembarcar nesse planeta para essa longa jornada que é a vida. Já são 82 primaveras, enchendo a bagagem de experiências, umas boas e outras… deixa pra lá. Mas, por incrível que pareça, quanto mais cheia é essa “bagagem da vida”, mais leve ela parece ficar. Ao longo dessa viagem, acumulei sonhos e uma lista infindável de conquistas e desejos: Desejei ter um milhão de amigos, conquistei de verdade uns dois ou três para uma vida inteira; sonhei ter 1.90 de altura e ser o mocinho da novela das 8, não fui escalado para o mocinho, mas carrego um currículo com mais de 40 telenovelas e o eterno Nonô Correia, o mais popular dos meus personagens; desejei ter um patrocinador para fazer teatro e hoje estou em cartaz com ‘O Comediante’ em São Paulo, e torço para que o Bradesco continue a nos apoiar; desejei ter uma casa, um carro, e uma piscina no quintal, conquistei com o meu trabalho; sonhei viajar para os anéis de Saturno, fui parar na Disney, e me diverti; desejei brindar o último réveillon com uma garrafa de Veuve Clicquot, me ofereceram uma taça de cidra e adorei; desejei que chovesse nos últimos dias, mas a minha cidade e o meu jardim estão torrados pelo sol escaldante de um verão seco; desejei que as calotas polares parassem de derreter, não pararam; desejei ter um cachorro, hoje tenho 3 e sou sócio da Suipa; sonhei com um país socialista igualitário, passei por uma ditadura militar, e acabei refém de um capitalismo cruel; desejei, de coração, um mundo melhor para o homem, para que fôssemos mais alegres e menos calejados e, confesso, nunca deixarei de sonhar. E, depois de tanto encher essa “bagagem da vida” com desejos e sonhos, percebi com o tempo que os grandes valores estão nas coisas mais simples da vida, e aprendi a respeitar o ser humano, as diferenças, as opiniões, as limitações, entendendo que o mais importante nessa viagem é ter saúde no corpo, paz na alma, amor no coração e fé para ser feliz!

1 Comment

Filed under Comemoração